A ESSÊNCIA DA MAIS PRECIOSA PORTUGALIDADE SERVIDA NUMA MESA DE NATAL REPLETA DE LUXO E REQUINTE.

Tradição, Inovação e Excelência foram o mote para esta criação que reuniu à mesa legados exclusivos da Tavares e Vista Alegre. Às duas empresas centenárias portuguesas juntou-se a audácia do criador contemporâneo Christian Lacroix. Esta luxuosa Mesa de Natal está em exposição no Museu Vista Alegre até 6 de janeiro.

No passado dia 28 de novembro, às 17 horas, a mesa foi apresentada a algumas dezenas de convidados, que marcaram presença no Museu da Vista Alegre. A valorização da excelência de setores tradicionais portugueses ganhou destaque no centro da mesa, expondo símbolos da história e de toda a alma que caracteriza o povo português.

A exigência, o savoir-faire e a manualidade sentaram-se lado a lado com a tradição, a inovação, a tecnologia e a sustentabilidade, revelando novos contornos e abordagens das técnicas ancestrais e da manualidade que acompanha os setores ao longo de séculos. Assim se provou a exclusividade e se sentiu o sabor do luxo.

A nobre porcelana da Vista Alegre brilhou nos mais preciosos metais e foi servida na única baixela portuguesa que funde a nobreza da prata de primeiro título com o brilho dos diamantes, rubis, esmeraldas e safiras. Este conceito inovador, criado pela Tavares com a Baixela Stellarium, executada pelas mãos sábias dos seus mestres artesãos, representa o conceito de Jewellery à Table, apresentado pela primeira vez ao mundo por esta empresa centenária, sediada na Póvoa de Varzim, desde 1922.

Este momento de união e recriação de um ritual que acompanha a mesa desde tempos imemoriais mostrou que, no presente, não só funcionalidade e estética se fundem num só objeto, mas também diferentes setores da indústria e da história tradicional portuguesa se fundem, num mesmo momento, elevando a arte, as texturas e a audácia a novos patamares de requinte e exclusividade. Assim se mantém firme a aposta na excelência, na inovação, no design e na abertura de novos caminhos da diáspora artística de setores tradicionais de Portugal para o mundo.

Das raízes do passado, nasce o presente, ergue-se o luxo e expõe-se o futuro. Até dia 6 de janeiro para sentir e apreciar no magnífico Museu de Vista Alegre, em ílhavo.